sorry folks: u forgot tha say 'please'
voltaremos quando vos for mais inconveniente

first time? drop dead.
come back on ur 3rd time around...

anti-teses

Free is all-right. Bigger is better. Weird is-tha-best!

Porque oferecemos zines não é segredo, faz parte da mentalidade por detrás dos P+: ideias querem-se a circular livremente. It's politics. Sabemos que quem nos lê não concorda necessariamente com as opiniões expressas - metade de quem recebe a newsletter concorda vivamente com este último comentário, e discorda de tudo o resto - mas todos ganhamos com uma dieta variada de argumentos, seja politics ou comics, ou mesmo e sobretudo, nas politics of comics.

Ser do contra um imperativo, ser contrariados faz parte. Hell, compilem OS POSITIVOS: raramente citamos fontes do nosso quadrante ideológico. E de volta ao zeitgeist, baralhemos nas frentes habituais: os media nos antípodas de grátis, e cómicos nos antípodas de concordâncias.


I


Estamos no ano das paywalls, estas fazem o seu comeback em força nos mercados internacionais - pensem media haven: os Estados. Pensem Bloomberg, o mais recente bastião de notícias corporativas a erguer um tarifário de leitura online (*):

*) Particularmente interessante aos nossos propósitos porque a) a sua manutenção já é paga pelos seus serviços de instalação dos "incredibly lucrative terminal business", subscritos anualmente a 20.000 dollars cada, b) porcos capitalistas.

As a business decision, it’s a no-brainer.

So why is the paywall going up? Partly because it can. Paywalls are so common nowadays that Bloomberg was effectively leaving money on the table by not having one. Like the good capitalists that they are, Bloomberg’s executives have decided to pick this low-hanging fruit.
in "The Bloomberg Paywall Does Not Make Sense" 3 maio 2017

De paywalls, um desmontar de mitos:

Many in the media are fond of reminding everyone, having a strong free press is often critical to having a knowledgeable and educated democracy. Indeed, that's quite frequently the argument people make to try to guilt you into paying for news. But... if we take that argument to be true, then there's a similar argument that paywalls are similarly bad for democracy: by putting up paywalls, we continue to feed information to a wealthy elite, while leaving everyone else out.
in "The Media's Paywall Obsession Will End In Disaster For Most" 8 maio 2018

As razões porque as paywals falham são (deviam ser) evidentes:

Most sites vastly overestimate:

  • how large their audience really is and
  • how much people actually value their content
in "The Media's Paywall Obsession Will End In Disaster For Most" 8 maio 2018

Razões porque, como respondíamos ontem a [no-names-please]: oferecemos os nossos zines, paramos pouco antes de vos pagar para os lerem :)

Either way,

Either we will find someone else to pay for the news and opinion and cartoons you consume, or we will go out of business.
in "A farewell to free journalism" 26 abril 2018

Keyword: "business". Fora dessa lógica, oferecemos notícias, cartoons e opiniões para vosso consumo na esperança de outros também outros libertarem no mundo os seus cartoons opinados de notícias. O que nos trás aos cómicos.


II


Se entre os jornalistas a obsessão parece ser o $$$, na BD a tendência deste ano é o tamanho da coisa.

Consideremos as entradas mais recentes nos anónimos da Bedeteca de Lisboa: chamam-nos a atenção ao "Mistérios da Castração de Úrano" por Elagabal Aurelius Keiser, destacando -

o tamanho e quantidade de páginas do objecto
in "É grande" 8 maio 2018

...repetindo o anterior destaque já dado ao "melhor livro de BD em Portugal", "O Reino" da dupla francesa Ruppert e Mulot, igualmente salientando o seu tamanho:

absolutamente lindo e GIGANTESCO!!!
in "O livro do ano!!!" 20 abril 2018

All caps e exclamações no original. Obsessões que poderíamos descontar como tara pessoal circunscrita ao escriba em questão não tivéssemos igualmente tropeçado no mais recente post de uma outra figura mais experiente entre BD querida como séria, que num curto, pequeno, sucinto parágrafo enaltece a nova direcção do TCJ. Afinal, nem sempre mais é melhor quando sabemos que uso dar. E que diz o nosso segundo autor?

It's as if The Comics Journal of old has been ressurrected! Lenghty wise, I mean...
in "John Porcellino" 7 maio 2018

Urhh... lenghty sempre é melhor? Ah, é tudo muito confuso, mas essa é a beleza da dialética: opiniões diferentes são precisas. Todos têm o seu mérito, segue-se o nosso resumo para citação fora de contexto. Quantos mais melhor, o importante é ir a todos.


III


Que nos devove às politics de free zines. Porque importa? Fechemos com Bloomberg e seu dono:

For anyone other than Mike Bloomberg, money is a zero-sum game: If you spend it one place, that means you have less of it to spend somewhere else.
in "The Bloomberg Paywall Does Not Make Sense" 3 maio 2017

Porque queremos que ponham o vosso $$$ somewhere else - como, por exemplo, nos supramencionados livros anteriores. Mas sobretudo, sempre que o conseguimos os vossos zines são grátis porque - como alguém o disse just right:

Having something so strong given away as free didn’t come across as humble, but instead as an attack on everything else.

in "Where I’m Coming From (Part 1)" 30 jan 2018