sorry folks: u forgot tha say 'please'
voltaremos quando vos for mais inconveniente

first time? drop dead.
come back on ur 3rd time around...

teses

cómicos

readings

dee and dum

fanzines

main comix/zines

meet tha crew

about us

the truth!

Desde que começámos a falar de cómicos notamos uma lenta-exasperante-god-u-people-are-slow! evolução na atitude para com a BD que nos parece apontar para uma possibilidade de futuro mais interessante. Infelizmente, esses desenvolvimentos ainda se limitam a acontecer só ao nível da sua discussão: gostávamos de ler BD interessante, não tanto ouvir do interesse de outros sobre BD; gostávamos de ler BD exaltada e opinada, não tanto ouvir opiniões exaltadas sobre as ditas.

Os nossos artistas mais “sérios” demoram-se agora por melancolias artsy, os que ainda brincam à BD imitam as mesmas fórmulas juvenis de sempre que seguem um qualquer cânone sem imaginação ou ambição maior além das pretty pictures e da fábula bonita, e até a pouca BD que se presta à reflexão da sociedade não parece querer das demais vezes ir além dessa ponderação –mesmo a que se assume como perturbadora da ordem pública vigente fá-lo na segurança de uma índole sarcástica, pós-irónica, humorística. Where my punx at?

Enquanto o caminho se faz, nós continuaremos a praticar em todas as frentes: bd irritada de dedo no ar, humorística, pós-irónica, exaltados em todas as ocasiões que se prestem e mesmo quando ninguém nos pergunta nada - é o nosso contributo ao debate: ur welcome.

“we get more intelligent after I speak”

...mas deixemos os cómicos à sua vidinha - it’s evolution baby, não atinge a todos por igual. Besides, got other things on my mind -

yeah, whatever: guess some things never change...

( somethings n-e-v-e-r change... )

sobre cómicos e gaijas e tudo o resto