sorry folks: u forgot tha say 'please'
voltaremos quando vos for mais inconveniente

first time? drop dead.
come back on ur 3rd time around...

teses

cómicos

readings

dee and dum

fanzines

main comix/zines

meet tha crew

about us

o meio e a mensagem

(vamos acentar, sim?)

Não é novidade que nOS POSITIVOS nos aborrece o replicar de press releases sem qualquer acrescento crítico digno de nota: exigimos uma mais-valia ou informação acrescida à cadeia de dados que a legitime ou sentimos-nos defraudados no exercício da leitura.

No resto da presente crónica, exemplificamos com o mais detestável -mas significativo- dos comunicados possíveis.

A título de exemplo uma peça de Pedro Cleto.

in s/título 18 fev 2017

D"As Leituras do Pedro", pelo próprio sabemos não estar no hábito de assinar de cruz por baixo dos comunicados, fora excepções -

Não é hábito de As Leituras do Pedro, mas no caso das edições de Manuel Caldas, através do selo Libri Impressi, (quase sempre) assinamos de cruz por baixo, por isso, guardando para mais tarde a apreciação da obra, aqui fica o comunicado a propósito da sua mais recente loucura editorial.
in "Os Meninos Kin-Der" 8 jul 2010

- e excepções, que não merecem um título e se esgotam num peremptório rodapé:

informação e imagens fornecidas pela editora

Não é caso único mas exemplar, porque revelador. A mesma mensagem, minus a elegância visual do post e este interpretado por sistemas, automatismos, rotinas, bots que agregam conteúdos online e os sumarizam pela sua informação. Assim destacados, a sua intenção sobressai talvez demais.

Acima: sumário. Abaixo: detalhe.

Da BD e do $$$, o meio e a sua mensagem, comprova-se que o meio é a mensagem.

Da página (pública) de perfil do autor.

surrreal